Newsletter
Notícias

Hospital Unimed CG é o único do Estado a utilizar assinatura digital no prontuário de pacientes

15/04/2021

Primando sempre pela qualidade da assistência oferecida aos seus beneficiários, a Unimed Campo Grande implantou recentemente o projeto Hospital Sem Papel. Com o objetivo de melhorar a segurança das informações e a operação de assistência aos pacientes realizada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e demais profissionais, o projeto, pioneiro no Estado em instituições hospitalares, já mostra resultados significativos. 

Além de possibilitar maior rastreabilidade de informações e agilidade no atendimento dedicando mais tempo ao paciente, o projeto também melhora a capacidade de comunicação entre sistemas de processos, automatização de processos, sem contar que ainda contribui com a preservação do meio ambiente.  

Outro ponto importante é a certificação da Health Information and Management Systems Society (HIMSS), uma associação internacional que tem a finalidade de estimular o uso da Tecnologia da Informação na área da saúde, para que as instituições recebam a chancela de excelência em desenvolvimento tecnológico hospitalar, sendo que para atingir o nível máximo é necessário o funcionamento total sem o uso do papel (paperless). 

“O projeto é uma das ações implantadas pela nossa cooperativa médica para elevar o Hospital Unimed CG ao status de digital. Com o efetivo uso do prontuário eletrônico do paciente (PEP), o projeto Hospital sem Papel alavancou a nossa instituição a caminho deste feito, inativando as impressões físicas dos documentos que compõem o prontuário do paciente”, explica o coordenador de Tecnologia e Informação da cooperativa, Vinícius Pires Barbosa da Silva. 

Na prática, colaboradores e médicos cooperados utilizam no smartphone o aplicativo “Bird ID” para coletar o token de validação das assinaturas dos documentos clínicos. Os documentos assinados digitalmente possuem validade jurídica e por isso torna dispensável o uso de caneta e papel. 

Desenvolvido pela equipe da Tecnologia da Informação da Unimed CG, antes de ser definitivamente implantado, o projeto passou por uma série de testes visando a excelência do mesmo.  

“Ao longo de nove meses foram criados 161 documentos de forma digital, painéis de operação no Pronto Atendimento e andares de internação, relatórios eletrônicos de gestão dentre outras adaptações nos processos assistenciais. Foi realizada também a certificação digital de mil usuários, incluindo cooperados e colaboradores da área assistencial e administrativa, além de realizar testes pilotos nas Unidades de Terapia Intensiva, Unidades Coronariana, Clínica Médica e Centro Cirúrgico”, informa o coordenador de TI. 

“Nós do setor de TI do Hospital Unimed CG temos a missão de ser referência de inovação em tecnologia na área da saúde em MS e nos sentimos muito satisfeitos em perseguir este feito”, completa Vinícius. 

Após pouco mais de cinco meses em funcionamento, o projeto já está totalmente incorporado no hospital, representando uma redução significativa de 52% no uso de papel.  

Comunicação Unimed Campo Grande