Newsletter
Notícias

Economia Solidária lança coleção natalina com produtos a partir de R$ 3 em Londrina

18/11/2016

O prefeito Alexandre Kireeff participou, nesta quinta-feira (17), do lançamento dos produtos de Natal produzidos pelo Programa de Economia Solidária. O evento aconteceu no Centro Público de Economia Solidária e contou com a participação da secretária municipal de Assistência Social, Télcia Lamônica de Oliveira, e representantes dos empreendimentos participantes do Programa.

Os produtos estão sendo comercializados a preços acessíveis, como os minipanetones a R$ 3,00. Também há chocotones, bolachinhas, biscoitos com decoração natalina, licores, bolos veganos, entre outros produtos alimentícios. Há diversas opções de artigos de decoração e de presentes, como guirlandas, bonecos de papai Noel, guardanapos, toalhas para mesa, velas, porta-garrafas, cestas natalinas, entre outros.

Kireeff destacou que o Programa oportuniza que as pessoas sejam incluídas na economia, possibilitando a geração de renda para as famílias e permitindo que elas exercitem sua criatividade e capacidade de trabalho. “Ter um olhar atento para a economia solidária é uma forma de construir um mundo mais solidário e com ampliação das oportunidades. Isso permite que os cidadãos sejam respeitados e se tornem agentes modificadores de suas realidades”, disse.

Télcia ressaltou que 2016 foi mais um ano de conquistas do Programa, que promove a inclusão social, o resgate da cidadania, da dignidade e garante renda para muitas famílias. “Nesta gestão conseguimos avançar com o programa, inauguramos mais um espaço de comercialização dos produtos, que é a Casa Café e Arte, e esperamos que o programa continue crescendo nos próximos anos”, disse. “São empreendimentos familiares, a maioria compostos por mulheres, e muitas famílias têm como renda principal a comercialização destes produtos”, completou.

De acordo com a gerente de Inclusão Produtiva, Nelma Liberato, o lançamento da coleção natalina incentiva a comercialização dos produtos, além de ajudar a promover o consumo consciente, valorizando a produção coletiva e solidária. “Os preços dos produtos são calculados em cima da hora trabalhada e do material de produção”, informou.

Os produtos da Economia Solidária estão sendo comercializados tanto no Centro Público de Economia Solidária, na Avenida Rio de Janeiro, 1.278, esquina com a avenida JK, aberto de segunda a sexta-feira, das 9 horas às 17 horas, quanto na Casa Café e Arte, localizada na Praça 7 de Setembro, quase esquina com a Rua Professor João Cândido. O local funciona de segunda a sábado, das 9 horas às 18 horas.

Também participaram da solenidade de lançamento dos produtos, a presidente do Programa do Voluntariado Paranaense de Londrina (Provopar-LD), parceiro da Economia Solidária, Leozita Baggio Vieira; os vereadores Elza Correia, Lenir de Assis e Tio Douglas; representando os empreendimentos do Programa, Lucia Fiori, além de secretários e servidores municipais e a comunidade.

Sobre o programa

Atualmente, participam do Programa 55 empreendimentos, com aproximadamente 200 pessoas. São quatro áreas de produção: artesanato, prestação de serviços, alimentação e confecção. O programa abrange, prioritariamente, o público atendido pela Assistência Social. Em Londrina ele é conduzido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, que fornece apoio técnico, assessoria e capacitação à produção e comercialização dos produtos.

Massa News - com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina