Newsletter
Notícias

As ações inovadoras da Confebras no mundo digital em 2020

20/01/2021

O ano de 2020 foi surpreendente e transformador e ficará marcado como um dos períodos mais inovadores da nossa história como civilização. Totalmente modificado pela pandemia do novo coronavírus, o contexto exigiu das pessoas e das instituições maneiras diferentes de se organizar. A Confebras, representante suprassistêmica do Cooperativismo de Crédito no Brasil, acompanhou todas essas mudanças ao longo desses meses e, principalmente, reinventou-se com maestria, articulando projetos inovadores e colocando em prática um universo de iniciativas inéditas.

O digital ganhou um espaço ainda mais importante, em virtude da necessidade de isolamento social. Diante disso, os eventos foram realizados em outros formatos, dinâmicos e acessíveis, e o online permitiu um networking mais intenso entre líderes e agentes de transformação do ecossistema cooperativo. Webinars e Lives proporcionaram debates entre lideranças de centrais, cooperativas e representantes do Banco Central e autores do cooperativismo disponibilizam seus conteúdos, estimulando discussões importantes sobre o “novo normal” que foi imposto para todos.

Com o lançamento do ConectCoop, a Confebras passou a produzir conteúdo por meio de vídeos e podcasts com especialistas do mercado sobre temas relacionados ao Cooperativismo Financeiro. Convidados como o jornalista econômico Luís Artur Nogueira; o diretor de Coordenação Sistêmica e Relações Institucionais do Sicoob, Ênio Meinen; e o jornalista e escritor Luiz Augusto Araújo foram algumas das personalidades que discutiram cenários econômicos e políticos, o futuro do cooperativismo, e oratória, respectivamente. A websérie também apresentou cases importantes do Bancoob e Sicoob sobre as boas práticas de comunicação durante a pandemia e o impacto das transformações tecnológicas no dia a dia das empresas, como a ferramenta de atendimento virtual Alice.

O projeto CooperaEduca, que desde 2012 trabalha a educação financeira e cooperativista com toda a comunidade, foi reformulado e os conteúdos foram disponibilizados para o público infanto-juvenil em plataforma aberta, sob um novo nome de CooperaEduca em Casa. Ao longo desses anos, já são mais de 80 mil crianças e adolescentes impactados pela iniciativa que fomenta o uso consciente do dinheiro e da cultura cooperativista. A partir de uma ação de intercooperação, Confebras e Sistema Ailos, por meio do PROGRID, desenvolveram uma nova versão online e interativa do projeto, para aproximar ainda mais pais e filhos, professores e alunos neste processo de aprendizagem.

Capítulos de obras consagradas e lançadas pela Editora Confebras – pioneira e única no Cooperativismo Financeiro, foram disponibilizados para acesso gratuito de todo o ecossistema cooperativista e comunidade por meio do Leitura Cooperativista. O projeto, lançado neste ano, surgiu como uma iniciativa importante para o fomento da leitura, do conhecimento e do desenvolvimento de pessoas e organizações diante da cooperação e da educação financeira. Entre os autores participantes, estão: Marcelo Correa Medeiros, Marcio Nami, Fabio Viana, entre outros.

Tendo como direcionador o quinto princípio cooperativista – educação, formação e informação, o ambiente virtual de aprendizagem Confebras EaD foi atualizado em Trilhas de Aprendizagem com os cursos de Cooperativismo Financeiro, Gestão de Finanças Pessoais e Cooperativismo Básico. Os valores praticados foram revistos, de forma a dar acesso a todos os interessados. Os conteúdos foram organizados para ampliar as oportunidades de educação e contribuir para o desenvolvimento do cooperativismo e das comunidades nas quais as cooperativas estão inseridas.

O ano de 2020 foi de inovação e tecnologia. Partindo deste ponto, a Confebras buscou trabalhar de forma mais lapidada os dados do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC) com o BureauCoop. O painel interativo, que reúne os principais dados econômico-financeiros das cooperativas de crédito brasileiras fornecidos e atualizados pelo Banco Central do Brasil, foi elaborado sob o conceito de Business Intelligence (BI), e lançado no mês de novembro, em comemoração aos 34 anos da Confederação.

Grandes eventos

Os eventos digitais também movimentaram o universo cooperativista financeiro em 2020. No mês de junho, em parceria com o Grupo Anga, a Confebras realizou o Festival Coop+, reunindo palestrantes diversos, economistas, especialistas em inovação e representante dos bancos populares internacionais. Cases de boas práticas de intercooperação durante a pandemia foram compartilhados por cooperativas de todo o Brasil e posteriormente reunidos em um e-book exclusivo disponibilizado aos participantes do evento. O festival, totalmente gratuito, ainda teve o Hackathon Coop+, uma maratona de intercooperação que dinamizou ideias em torno de um novo mindset.

No mês de novembro, foi a vez do 3º Fórum Integrativo Confebras Digital, focado no tema “Cooperativismo de Crédito: Um novo olhar para o futuro, estrategistas e pensadores sobre cenários futuros apresentaram as tendências para o mercado financeiro e estimularam importantes discussões durante o evento. Inovação, criatividade, estratégia, sustentabilidade e as transformações tecnológicas pautaram os palcos temáticos, palestras simultâneas, workshops e os painéis, trazendo a necessidade do amadurecimento das instituições durante a pandemia. O Fórum reuniu grandes agentes do universo cooperativista e do mercado, como o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB, Márcio Lopes de Freitas; a inovação apresentada por Ligia Zotini; as principais pautas abordadas pelo Banco Central do Brasil, como Pix, Open Banking e Agenda BC# Sustentabilidade e a palestrante TEDx e especialista em Design Thinking, Maria Augusta Orofino, entre muitas outras personalidades. Os participantes receberam um compilado dos melhores momentos e assuntos debatidos durante o 3º FIC Digitial, em um e-book exclusivo.

Apoio aos Micro e Pequenos Empresários

A Confebras também atuou de forma decisiva em discussões importantes sobre temas como o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – Pronampe, uma das principais pautas discutidas pela Confederação no mês de julho. O presidente Kedson Macedo participou da audiência pública coordenada pelo senador Espiridião Amin, que reuniu também outras lideranças do Cooperativismo de Crédito. O assunto também pautou entrevistas como a realizada com o diretor-presidente do Bancoob, Marco Aurélio Borges de Almada Abreu, em agosto.

A Reforma Tributária e os impactos no Cooperativismo e o PLP 27/2020, que altera a Lei Complementar 130 – importante instrumento de garantias para o Cooperativismo de Crédito, foram os temas do webinar realizado com o deputado federal e presidente da Frencoop Nacional, Evair de Melo, com a mediação do presidente da Confebras, Kedson Macedo. O adequado tratamento tributário ao Ato Cooperativo, previsto no artigo 146 da Constituição Federal, e a proteção de conquistas já alcançadas pelo setor foram alguns dos pontos apresentados, e que fazem parte da Reforma Tributária no contexto do cooperativismo financeiro.

“A Confebras se reinventou com os benefícios da tecnologia digital para trazer os temas mais relevantes ao mundo do Cooperativismo Financeiro. As capacitações online, os eventos, a agenda de conteúdos e o networking continuaram acontecendo de forma virtual, ainda mais democrática e acessível. Estamos cientes de que cumprimos a nossa missão”, resumiu o presidente da Confebras, Kedson Macedo.

Confebras - Assessoria de Comunicação